>
 
Olá pessoas, já estava com saudade de escrever! Hoje eu quero falar sobre um nome que muitos não sabem o que significa, porém mesmo assim se autodenominam como tal: Levita. Sem mais delongas, vamos ao post!

"Outra vez concebeu Lia, e deu à luz um filho, e disse: Agora, desta vez, se unirá mais a mim meu marido, porque lhe dei à luz três filhos; por isso, lhe chamou Levi." (Gn 29.34)

Prestem atenção no que lemos: O nome daquele de onde se originou a tribo dos levitas significa “unir”. Essa união a qual o texto se refere se trata da união entre a esposa e o esposo. Trazendo para o nosso lado, podemos então concluir que os levitas têm a responsabilidade de unir a esposa (Igreja) a seu esposo (Deus).  
O grande problema é que muitos têm perdido essa visão, estão usando os seus dons para seus próprios interesses, lotando as igrejas de artistas, fazendo o altar de palco e buscando atrair a atenção da igreja para eles mesmos. Criam uma espécie de disputa dentro do grupo, usam o “ministério” pra aparecer e acabam atraindo maldição ao invés de bênção. Esses não sabem nada sobre o que é ser levita.
Emocionar pessoas com uma bela voz, ser um instrumentista habilidoso ou falar bem em público não basta, conhecer a arte não é o suficiente. Nossa responsabilidade é bem maior.
Por trás de um ministério de louvor deve haver levitas comprometidos com o Senhor. Corações servis e uma busca pela santificação constante. Deus é santo, portanto todos os que desejam agradá-lo precisam viver em santidade. Não podemos fugir disso!
Não suba ao altar de qualquer jeito. Não seja um levita distraído, o inimigo sabe a importância do louvor na vida da igreja, por isso estampa um alvo no nosso peito e trabalha dia e noite pra tentar nos atingir. Se preparem e coloquem-se à disposição do Senhor, pra que na dependência do Seu Esírito Santo vocês façam a Sua vontade e dêem a glória devida ao Seu nome. Entendeu? Tudo vem Dele, tudo é para Ele.
O que você tem feito com os dons que Deus te deu?

Olá pessoas, já estava com saudade de escrever! Hoje eu quero falar sobre um nome que muitos não sabem o que significa, porém mesmo assim se autodenominam como tal: Levita. Sem mais delongas, vamos ao post!

"Outra vez concebeu Lia, e deu à luz um filho, e disse: Agora, desta vez, se unirá mais a mim meu marido, porque lhe dei à luz três filhos; por isso, lhe chamou Levi." (Gn 29.34)

Prestem atenção no que lemos: O nome daquele de onde se originou a tribo dos levitas significa “unir”. Essa união a qual o texto se refere se trata da união entre a esposa e o esposo. Trazendo para o nosso lado, podemos então concluir que os levitas têm a responsabilidade de unir a esposa (Igreja) a seu esposo (Deus).  

O grande problema é que muitos têm perdido essa visão, estão usando os seus dons para seus próprios interesses, lotando as igrejas de artistas, fazendo o altar de palco e buscando atrair a atenção da igreja para eles mesmos. Criam uma espécie de disputa dentro do grupo, usam o “ministério” pra aparecer e acabam atraindo maldição ao invés de bênção. Esses não sabem nada sobre o que é ser levita.

Emocionar pessoas com uma bela voz, ser um instrumentista habilidoso ou falar bem em público não basta, conhecer a arte não é o suficiente. Nossa responsabilidade é bem maior.

Por trás de um ministério de louvor deve haver levitas comprometidos com o Senhor. Corações servis e uma busca pela santificação constante. Deus é santo, portanto todos os que desejam agradá-lo precisam viver em santidade. Não podemos fugir disso!

Não suba ao altar de qualquer jeito. Não seja um levita distraído, o inimigo sabe a importância do louvor na vida da igreja, por isso estampa um alvo no nosso peito e trabalha dia e noite pra tentar nos atingir. Se preparem e coloquem-se à disposição do Senhor, pra que na dependência do Seu Esírito Santo vocês façam a Sua vontade e dêem a glória devida ao Seu nome. Entendeu? Tudo vem Dele, tudo é para Ele.

O que você tem feito com os dons que Deus te deu?

Notes